22.5.06

LEROY MERLIN


Suas lojas possuem à disposição vendedores especializados e uma enorme oferta de produtos para que, em um único lugar, o cliente possa encontrar tudo o que lhe é necessário para reformar, decorar ou construir a sua casa. É um conceito de centro comercial inovador e original, que inclui a maior escolha de produtos, os melhores preços e um atendimento personalizado muito profissional. Nas lojas LEROY MERLIN o cliente se sente um verdadeiro construtor. Por isso, não tenha dúvidas: a LEROY MERLIN pode te ajudar em todas as etapas de sua obra. 

A história 
A história da empresa começou em 1918 quando terminou a Primeira Guerra Mundial e a família Leroy iniciou suas atividades com um modesto comércio ambulante na França, vendendo produtos excedentes do exército americano. Em 1923, um dos membros da família, Adolphe Leroy casou-se com Rose Merlin. Recém-casados resolveram então abrir um comércio, localizado na pequena cidade de Noeux les Mines, o que foi batizado de “Au Stock Américain”, onde vendiam produtos americanos a preços convidativos. Na França dessa época, tudo o que se referia a produtos americanos causava muita curiosidade entre a população de um modo geral. Pouco tempo depois, fortalecidos e animados pelo grande êxito do negócio, o casal decidiu começar a vender, a preços acessíveis, produtos de construção e mobiliário. A loja era um verdadeiro sucesso, atraindo a classe trabalhadora da região. Até o final da década novos produtos foram introduzidos na loja fazendo enorme sucesso, especialmente estruturas pré-fabricadas como chalés e garagens.


A Segunda Guerra Mundial praticamente paralisou a empresa, que após o término do conflito, foi reconstruída por Adolphe, com a ajuda de seus dois filhos. Na década de 1950 a empresa inaugurou duas outras lojas, localizadas na cidade costeira de Merlimont (1950) e em Longueau (1958). Finalmente em 1960, a empresa adotou o nome LEROY MERLIN. Mas a mudança não ocorreu somente em relação ao nome: propunha um conceito inovador quando introduziu a entrega gratuita. Outra inovação ocorreu em 1968 com a inauguração da primeira loja com sistema de autoatendimento, onde o cliente faz sua compra sem a necessidade da assistência de um vendedor, localizada em Noeux-les-Mines, na região norte da França. Era também a primeira grande loja da empresa, com 200 colaboradores, até então, as unidades tinham dimensões bem menores, e com uma completa linha de produtos para bricolagem (que tem origem na palavra francesa “bricolage”), termo usado para designar tudo aquilo que você pode fazer sem a ajuda de um profissional especializado. A partir deste momento a empresa iniciou um forte desenvolvimento nacional com a abertura de lojas LEROY MERLIN em muitas cidades francesas.


Em 1973, amparada por seu novo slogan “Tout pour la maison” (“Everything for the home”), a empresa passou a oferecer uma infinidade de produtos em diversas áreas, tornando assim possível comprar itens para reformar ou decorar a casa em um só lugar. Em 1979 foi assinado um acordo participativo com o grupo Auchan (atual GROUPE ADEO), o qual, mais tarde, em 1981, compraria a empresa, encerrando a venda de móveis e utensílios para cozinha. Nesta época cada loja da rede possuía em média 45 mil itens em suas prateleiras. Esta etapa decisiva levou a LEROY MERLIN a desenvolver novos conceitos de lojas, para se tornar um dos líderes mundiais no setor de reforma e decoração da casa.


Em 1989, a LEROY MERLIN começou sua escalada rumo a conquista de novos mercados fora do país, deixando de ser uma exclusividade francesa. Depois de inaugurar sua primeira unidade em Leganés, sul da Espanha, onde o conceito de suas lojas se tornou um enorme sucesso, a empresa se expandiu para Polônia e Itália, em 1996, e finalmente desembarcou no Brasil em 1998, inaugurando sua primeira loja no país, localizada no bairro de Interlagos, zona sul da capital paulista. Nesta época a empresa já possuía mais de 90 lojas espalhadas por cinco países. No ano de 2003, a empresa comprou as redes de lojas Obi (França) e Aki (Portugal e Espanha), abrindo suas primeiras unidades em Portugal, Rússia e China em 2004, além da Grécia em 2005.


Mais recentemente a rede ingressou em novos mercados, como por exemplo, Turquia e Ucrânia. Em poucos anos, a LEROY MERLIN tornou-se uma das líderes no setor em que atua, situando-se hoje em 4º lugar no ranking mundial do segmento. Hoje em dia, a LEROY MERLIN, pioneira na área de bricolagem - conjunto de trabalhos manuais ou de artesanato doméstico, que pode ser traduzido pelo conhecido jargão “faça você mesmo” - ajuda cada um de seus clientes a sonhar e a realizar a sua casa.


As lojas 
Suas lojas, implantadas nas proximidades dos grandes centros urbanos, consistem em grandes superfícies de bricolagem (cuja área varia entre 6.000 m² e 19.000 m²) utilizando sistemas de autoserviço e venda assistida. Divididas em cinco universos diferentes (bricolagem, construção, jardinagem, equipamentos sanitários e decoração), as lojas oferecem uma gama de produtos idealizada para satisfazer as expectativas dos clientes sempre com os melhores preços. Especializada em construção, acabamento, bricolagem, decoração e jardinagem, cada unidade comercializa até 80 mil itens divididos em 18 setores, como materiais de construção, madeiras, elétrica, ferramentas, tapetes, cerâmica, sanitários, esquadrias, encanamentos, jardinagem, ferragens, organização, pintura, decoração e iluminação.


As lojas oferecem serviços diferenciados, como corte de madeira e vidro, enquadramento, confecção de cortinas sob medida, bancada de ferramentas (atrás dos caixas, existe uma bancada com itens básicos de uma caixa de ferramentas para que o cliente possa testar produtos ou fazer pequenos ajustes em materiais comprados), Espaço Projeto (profissionais especializados orientam o planejamento - como cálculo das metragens e informações mais técnicas - e a escolha dos produtos para deixar a casa ainda mais bonita) e centro de cores (onde é possível soltar a imaginação para escolher o tom que sempre sonhou para a sua casa, com tintas preparadas na hora). A LEROY MERLIN possui atualmente mais de 300 serviços adaptados a cada país onde atua para facilitar a compra, implantação e acompanhamento de cada projeto: orçamento, pedido, entrega em domicílio, instalação e atendimento pós-venda. Além disso, oferece cursos de bricolagem e bibliotecas especializadas em algumas das lojas. Dentro de todas as lojas existe uma lanchonete (ideal para um momento de descanso e reflexão ou até mesmo para fazer uma pausa para o café). A rede aposta em um conceito de loja adaptado a todos os povos e culturas.


Os slogans 
A casa da sua casa. (Brasil) 
Seu projeto começa aqui. (Brasil) 
Espírito Construtivo. (Portugal) 
...et vos envies prennent vie! (França) 
Everything for the home. (1973)


Dados corporativos 
● Origem: França 
● Fundação: 1923 
● Fundador: Adolphe Leroy e Rose Merlin 
● Sede mundial: Lezennes, Lille, França 
● Proprietário da marca: Groupe Adeo 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● CEO: Damien Deleplanque 
● Diretor geral (Brasil): Alain Ryckeboer 
● Faturamento: €8 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 319 
● Presença global: 13 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 53.000 
● Segmento: Varejo 
● Principais produtos: Bricolagem, construção, jardinagem, equipamentos sanitários e produtos de decoração 
● Concorrentes diretos: Bicorama, Castorama, Praktiker, Dicico, C&C, Telhanorte e Center Castilho 
● Ícones: O serviço de autoatendimento 
● Slogan: A casa da sua casa. 
● Website: www.leroymerlin.com.br 

A marca no Brasil 
Quando a varejista francesa inaugurou sua primeira loja no Brasil, em 1997, se esperava um confronto direto com redes nacionais de materiais de construção como C&C e Telhanorte. Passados mais de dez anos, a análise de mercado é outra. A LEROY MERLIN não só bateu de frente com as empresas do segmento como avançou no mercado de decoração. A empresa, hoje com mais de 30 lojas no país, distribuídas em seis estados brasileiros e o Distrito Federal, passou a incomodar redes mais focadas em produtos de design. Resultado: sua área de decoração já responde por um terço do faturamento estimado em R$ 3.5 bilhões. Basta caminhar em uma loja da rede para perceber sua estratégia. Salas e quartos de criança assinados por arquitetos, como o premiado Marcelo Rosenbaum, saltam aos olhos dos clientes. E cadeiras, racks, candelabros e até quadros fazem parte desse portfólio.


O faturamento cresce a uma média de 20% ao ano. Prova disso é que a subsidiária brasileira deixou a matriz para trás ao ser a primeira no mundo a receber uma certificação de loja verde. Oito de suas unidades, Jacarepaguá (RJ), Taguatinga (DF), Campinas Anhanguera, Sorocaba, São José do Rio Preto, São Leopoldo (RS), Londrina e Curitiba (PR), são 100% sustentáveis. As lojas possuem desde o tratamento das águas de chuva até maior aproveitamento de iluminação natural, num total de 80 itens sustentáveis na construção.


A marca no mundo 
A francesa LEROY MERLIN, um dos quatro maiores grupos mundiais no setor de bricolagem e materiais para construção, jardinagem e decoração, tem aproximadamente 320 lojas espalhadas por 13 países ao redor do mundo, sendo 32 delas no Brasil e o restante na China, Chipre, Espanha, França, Grécia, Itália, Polônia, Portugal, Romênia, Rússia, Turquia e Ucrânia. A rede, que emprega mais de 53.000 pessoas, atende anualmente mais de 175 milhões de clientes em suas lojas, alcançando faturamento estimado de €8 bilhões. 

Você sabia? 
O Grupo possui ainda outros formatos de lojas como: Bricocenter (Itália), Obi e Aki (Espanha e Portugal), e Weldom (França), além de Bricoman, DomPró, Zódio e KBane. Esses formatos menores de lojas, localizadas na periferia ou no centro das cidades, oferecem aos clientes soluções práticas com autoatendimento em uma grande variedade de produtos nos campos da bricolagem, organização da casa, e de itens leves de decoração para a casa e o jardim. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 24/2/2014

3 comentários:

Anônimo disse...

É realmente um absurdo uma Empresa desse porte não disponibilizar via Internet uma página completa com seus principais produtos para que os interessados possam consultar e realizar suas compras !!! Empresas desse tipo ficam estagnadas no tempo com uma atitude dessa... lamentável !!!

Anônimo disse...

é realmente um absurdo....eu tambem pensava q ía encontar os produtos q comercializa!!!!! ou será q ainda estamos no seculo XIX

Anônimo disse...

o nome "leroy" estava gravado na minha mente há algum tempo...pela divulgação também achei q acessaria fácil seus produtos. Paradoxal, não? Decepção, sim!